SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com a vantagem na Série D, técnico do Ji-Paraná-RO afirma: “Nós vamos a Manaus para vencer”

Foto: Departamento de Marketing do Ji-Paraná F.C

Com dever cumprido na primeira partida vencendo o Nacional em casa, pela fase preliminar do Brasileiro da Série D, o Ji-Paraná-RO ajusta a equipe para o jogo de volta, neste domingo, 13/9, às 15h (16h de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus.

Com a vantagem do empate, o Galo da BR deu um grande passo para conseguir a vaga na fase de grupos da Série D. O classificado vai se unir aos demais times no grupo A, com Atlético-AC, Galvez-AC, Rio Branco-AC, Bragantino-PA, Independente-PA, Vilhenense-RO e Fast Clube-AM.

Do interior de Rondônia, o técnico Bruno Monteiro, afirmou ao SPORTS MANAUS, que o resultado deixa a sua equipe com uma vantagem que será aproveitada. Para ele, a característica do time não muda, independentemente de jogar dentro ou fora de casa.

– Penso que toda vantagem é bem vinda e foi construída com muito empenho e comprometimento por parte de todo grupo e dos atletas. Nós vamos a Manaus para vencer o jogo e sair classificado. Já falei em entrevistas anteriores, enquanto eu estiver no Ji-paraná, ou em qualquer outro clube, que por ventura venha a comandar posteriormente, minhas equipes sempre entrarão em busca dos três pontos – explicou e destacou a postura tática da equipe no jogo decisivo, em Manaus.

– Temos um modelo de jogo bem definido e uma identidade. Tenho convicção que vamos fazer um mais um jogo bem equilibrado em todas as ações. Acima de tudo vamos buscar e manter um elevado nível de concentração. Temos construído um modelo de jogo pautado em uma saída curta, sustentada, um jogo de aproximações, passes curtos e triangulações. Nosso objetivo é chegarmos criando situações favoráveis a finalização. Penso que podemos ter uma performance melhor do que a que foi apresentada no primeiro jogo – comentou o comandante.

Após o jogo de ida com Nacional, agora o treinador disse que tem uma visão maior do adversário e ampla. De acordo com Bruno Monteiro, cada detalhe é importante para sua equipe conseguir a vaga no final de semana.

– Sem dúvida, penso que conhecer o adversário é extremamente importante. Nós buscamos analisar os padrões comportamentais em todas as fases do jogo, onde o Nacional apresentou para que pudéssemos detectar algumas vulnerabilidades e também os pontos positivos. Nesse sentido, vamos buscar de fato ferramentas para trabalhar durante a semana e tentar levar para o jogo decisivo, em Manaus.  

Outras postagens...

No Careiro Castanho, Copa dos Rios Master inicia definição dos semifinalistas a partir desta sexta-feira, 9/11

Paulo Rogério

Adeus com honra

Paulo Rogério

Com gol de pênalti, Tarumã vence CFJ na estreia da Copa Brasília sub-17

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol