SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Pela Série C, treinador do Jacuipense-BA teme ritmo de jogo, mas acredita na primeira vitória diante do Manaus

Foto: Renan Oliveira / EC Jacuipense-BA

Na abertura da 3ª rodada do Brasileiro da Série C, o único resultado que interessa o Jacuipense-BA é conquistar a primeira vitória diante do Manaus, no sábado, 22/8, às 14h (15h de Brasília), no Estádio Roberto Santos, o Pituaçu, em Salvador. O Jacupa ocupa a última colocação do grupo A, com apenas uma partida, quando perdeu em casa na estreia para o Remo-PA por 2 a 1. Na rodada anterior, o confronto foi adiado, por conta de 14 jogadores do Imperatriz-MA contaminados pela Covid-19.

A última partida entre as duas equipes foi no dia 4 de agosto do ano passado, na volta da semifinal da Série D. O Gavião do Norte venceu o Jacuipense por 1 a 0, com gol de Hamilton de pênalti, na Arena da Amazônia. No primeiro jogo, em casa, o Jacupa empatou em 1 a 1, no Estádio Eliel Martins.

De Riachão do Jacuípe, o treinador Jonilson Veloso, desde 2017 no comando do Jacuipense, disse ao SPORTS MANAUS, com apenas um jogo e sem ter entrado em campo no último final de semana, tem receio pelo entrosamento do elenco.

– Com certeza, o ritmo de jogo prejudica, não tenha dúvida disso. A gente acabou fazendo uma viagem longa, teve um desgaste, só não teve o jogo, mas em si a viagem e só treinamos, enfim, ficamos um final de semana sem jogar e o ritmo de jogo vai implicar um pouco. Mas depois disso, tivemos uma semana de preparação, estamos focados e sabemos das nossas competências para ganhar esse jogo diante do Manaus – explicou Jonilson.

Sem vencer ainda na Série C, com apenas uma partida em seus domínios, mas com derrota, Jonilson, não pensa em outro resultado a não ser sair de campo com os primeiros três pontos.

– Com certeza, isso não é só para o Jacuipense, mas qualquer equipe. Sempre tem um resultado adverso, mas a próxima partida a gente sempre procura manter o resultado positivo. E isso acontece agora com o Jacuipense, perdeu o primeiro jogo, o segundo foi adiado e o terceiro temos que pontuar. Com certeza, vamos procurar ganhar os três pontos jogando dentro de casa. Isso vai nos dar um salto muito grande na tabela – citou, mas afirmou que tem todas as informações do adversário, principalmente do treinador do Gavião.

– A gente tem um departamento de análise e desempenho que nos ajuda muito nesse processo de dados. Já foram passadas as informações da equipe do Manaus, agora com um treinador novo, na qual conhecemos, que é o Luizinho Lopes. Sabemos a forma que ele gosta de jogar, assim como, o Manaus de ter mantido uma base do ano passado. Tudo foi bem estudado, e a gente está trabalhando em cima disso. Temos certeza, que vamos fazer um grande jogo – finalizou.

Outras postagens...

“Vamos buscar a vitória”, diz técnico do Fast, mas afirma que um empate será bom diante do Moto Club, pela Série D

Paulo Rogério

Em casa na Copinha, e com estreia diante do Fast, técnico da Matonense diz: “O fator casa nos ajude e prevaleça”

Paulo Rogério

No trabalho da pré-temporada para o Campeonato Amazonense, lateral do Parintins afirma: “A expectativa é bem grande sobre a nossa participação”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...