Pela Série D, técnico do Fast não acredita em jogo fácil, mas diz que Ji-Paraná-RO também joga por uma vitória

124

Após mais um bom resultado e de goleada fora de casa, o Fast Clube enfrenta o Ji-Paraná-RO, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, neste sábado, no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade. Em terceiro no grupo 1, com 16 pontos, o Tricolor de Aço em casa está invicto, mas com duas vitórias e dois empates. Na partida do primeiro turno dentro do grupo, as equipes empataram sem gols, no interior de Rondônia.

No quinto jogo em casa, o técnico Lecheva acredita que o Fast tem tudo para conseguir um bom resultado, mas sempre respeitando o adversário. Para ele, é importante que o elenco consiga realizar em campo o que foi trabalhado taticamente para alcançar esse objetivo.

– Independentemente de adversários ou circunstancias, o Fast joga para vencer todos, onde quer que seja e temos comprovado isso. Nesse jogo não vai ser diferente, mais uma vez o jogo será em casa, mas principalmente a equipe tem que ser mais ofensiva o tempo todo, agredir e buscar a vitória. Além disso, realizar a marcação em todos os setores do campo, principalmente com transições rápidas também de lado do campo. A tendência é que o adversário venha um pouco mais fechado, porém, temos que ser inteligentes para saber furar o bloqueio – comentou ao SPORTS MANAUS.

Para Lecheva, o fato de o Ji-Paraná ocupar a sexta colocação, com oito pontos, não significa que o time não tenha mais condições de lutar por uma vaga, e consequentemente, ser uma partida fácil. Segundo ele, não se pode menosprezar nenhum time nessa reta final.

– Na verdade, a gente não encara o jogo dessa forma. O Ji-Paraná ainda tem 15 pontos em disputa e pode chegar a 23, e isso seria suficiente para uma classificação se olharmos pela pontuação de hoje. Não tem nada perdido, nem para o Ji-Paraná e nem para o Atlético-AC, por exemplo. Temos que encarar com muita seriedade. Com certeza, eles sabem disso para continuar vivo e precisam somar pontos em Manaus – alertou, mas ainda lembrou.

– O Ji-Paraná não vem de um bom momento de resultados, mas não tem feito jogos tão ruins assim, pelo que a gente tem acompanhado. Novamente vamos ter que fazer um grande jogo para conseguir a vitória, principalmente porque dependemos somente da gente, mas podemos sim, adiantar muitas coisas com uma vitória. Nesse sentido, em cima do nosso desse próprio adversário a gente abriria mais 11 pontos de diferença – finalizou.

Restando quatro jogos para finalizar a fase classificatória, além da classificação para próxima fase, a meta é conquistar a ponta da tabela para garantir os jogos decisivos em casa no mata-mata. Para o comandante do Rolo Compressor, se não fosse alguns percalços pelo caminho, já seria possível, mas o pensamento primeiro é garantir a vaga.

– Todos sabem que nosso foco principal é a liderança da chave, e isso foi muito prejudicado, principalmente contra o Vilhenense e Atlético. Esses resultados que estavam em nossas mãos praticamente, acabamos cedendo o empate. Se não fosse isso, hoje estaríamos com a mesma pontuação do Bragantino, e possivelmente na primeira colocação. Temos que pensar primeiro na classificação para depois almejar uma colocação melhor entre os quatros. Nosso primeiro pensamento é classificar e na melhor posição possível na liderança ou na pior das hipóteses em segundo lugar – disse Lecheva.

 



Paulo Rogério

I live in Brazil, in the city of Manaus, which hosted 2014 World Cup matches, the Olympic 2016 men's and women's football tournament. I'm Paulo Rogério Veiga, 51, a reporter, journalist and owner of sports portal www.sportsmanaus.com.br. I would like to inform you that I have received material from FIFA for 35 years, in addition to Conmebol and UEFA. I have also been editor of globoesporte.globo.com/am/ portal. I am working as a press and publicity advisor to leverage your company, product, brand, your soccer career, whether player, coach, club, manager, any professional that Works and conducts business in football. I am a professional / base player agent and a soccer coach. I have contact with agents, international agencies, academies, intermediaries, scoutings, among others in Brazil and in world football, including with signed contract. Another work I do is to attract potential investors to sponsor clubs in Brazilian football, which seek to gain their place in the regional, national and even international scenario. Contact us. E-mail: paulo.imprensa@hotmail.com pauloimprensa@gmail.com Contact: +55 (092) 3629-0651 (office) +55 (092) 99171-9226 (live / watsapp). Leia mais em sobre o editor clicando aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.