SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Técnico do Paysandu aposta em bom retrospecto fora para vencer o Manaus pela Série C

Papão busca manter a regularidade em jogos fora de seus domínios para conquistar uma boa vitória na Arena da Amazônia 

Foto: Vitor Castelo / Paysandu

Com três vitórias e um empate fora de seus domínios, o Paysandu, quinto colocado com 12 pontos no grupo A, aposta no bom retrospecto para conquistar um grande resultado diante do Manaus, em sétimo lugar, com 10 pontos na classificação. A partida válida pela nona rodada, será realizada neste domingo, 25/7, às 16h (17h de Brasília), na Arena da Amazônia, na capital amazonense.

Para o técnico Vinícius Eutrópio, os números mostram o quanto o Papão fora de casa tem mantido uma boa regularidade, o que coloca o time em condições de conseguir seu objetivo na partida com o time amazonense.

Treinador admite que o Manaus tem uma boa equipe (Foto: Vitor Castelo / Paysandu)

– É um retrospecto muito bom e muito favorável a nossa equipe. A gente vai procurar manter isso, para que possamos somar mais pontos, mas respeitando bastante o Manaus, para que possamos manter esse retrospecto positivo em jogos fora de casa – concluiu o treinador. 

Sobre a situação do Gavião do Norte, que precisa dos três pontos em casa, Vinícius Eutrópio, considera que a competição mostra os times bem próximos na tabela, independente da classificação. Para ele, o adversário tem suas qualidades, por isso, todo cuidado é pouco. 

– É um grupo que está tudo muito compacto ainda, e o início do campeonato com 10 equipes. A gente está sempre próximo ao G4 ou no Z4, por ser 10 times. A gente sabe que o Manaus tem uma equipe ofensiva, independente de jogar dentro ou fora. Sabemos que tem bons jogadores, é uma equipe muito técnica, e com essa necessidade da vitória, obviamente, a gente estudou e vamos respeitar. Com certeza, podemos tirar um proveito nos momentos necessários, de acordo com que a  gente montou a estratégia para esse jogo – comentou ao SPORTS MANAUS, mas ainda destacou.

– Regularidade e pontuação a gente está tendo, tanto que a nossa média é de 50% de aproveitamento. Nossa equipe vem  passando por algumas mudanças, entre entradas e saídas de jogadores, desde a minha chegada, já foram 12. A partir de agora, com o grupo praticamente fechado, a gente foque realmente e desenvolva as nossas qualidades, o nosso ritmo de jogo, estruture bem nosso modelo de jogo para manter essa média. Quem sabe melhorar mais para garantir uma classificação com tranquilidade – concluiu Entrópio. 

 

Outras postagens...

No interior de GO, técnico do Fast diz que a meta é o acesso na Série D, mas se diz preocupado sobre patrocinadores

Paulo Rogério

Adeus com honra

Paulo Rogério

Canon EOS M10’s Successor Rumored To Be Known As The M100

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol