SportsManaus
COPA DO BRASILFUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Bruno Henrique decide, Flamengo vence o Athletico e sai na frente nas quartas da Copa do Brasil

Da redação do Sports Manaus, com informações – Lance! – Guilherme Xavier – Publicada em 05/07/2023 – 23:26 – Rio de Janeiro (RJ)

Equipe de Jorge Sampaoli domina as ações e, com direito à virada no segundo tempo, termina em vantagem

Foto: Gilvan de Souza / CRF

Flamengo venceu o Athletico Paranaense por 2 a 1, nesta quarta-feira (05), pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Canobbio abriu o placar para os visitantes logo no início, mas Pedro e Bruno Henrique, já na etapa complementar, deram a virada ao Rubro-Negro, para a alegria dos mais de 65 mil torcedores presentes no Maracanã.

Com o resultado, o Flamengo leva a vantagem do empate para o duelo de volta, que será disputado na Arena da Baixada. Em caso de vitória do Athletico por um gol de diferença, a vaga terá que passar por disputa de pênaltis. A decisão acontecerá na próxima quarta-feira (12), às 21h30 (de Brasília).

Cinco lances que marcaram a partida

!QUE BOBEADA! Logo aos seis minutos de partida, um chutão acabou complicando a vida do Flamengo. Pulgar deu mole, disputou a bola de maneira fraca com Vitor Roque, e a bola sobrou para Canobbio, que só deslocou Matheus Cunha. 1 a 0 para os visitantes, e choque nas arquibancadas do Maracanã.

Passou T-R-I-S-C-A-N-D-O a trave! Arrascaeta sofreu falta na entrada da área e, depois de debater com David Luiz e Pulgar quem iria bater, ele mesmo foi para a cobrança. A bola passou muito perto do gol defendido por Bento. A torcida rubro-negra no Setor Sul chegou a comemorar.

!P9 FAZ A NAÇÃO SOLTAR O GRITO! Em confusão na área do Athletico, Arrascaeta sofreu pênalti de Madson, confirmado com o auxílio do árbitro de vídeo. Na cobrança, Pedro conseguiu estufar as redes e, aos 10 minutos da etapa final, decretar o empate. Descontrole total da torcida do Flamengo no Maracanã.

VIRADA COM ASSINATURA DE BH27! A torcida já vinha pedindo e, aos 20 minutos, Sampaoli lançou Bruno Henrique na vaga de Victor Hugo. Não demorou nem um pouco para o Rei dos Clássicos deixar sua marca, de cabeça, após cruzamento de Arrascaeta. Êxtase absoluto do atacante, em simbiose com a torcida.

!CARTÃO DE VISITAS! Luiz Araújo fez sua estreia pelo Flamengo e já teve seu primeiro grande lance. O atacante recebeu na direita e fez lindo lançamento para deixar Bruno Henrique na cara do gol. O camisa 27, no entanto, foi atrapalhado pela defesa do Athletico e não conseguiu encobrir o goleiro Bento.

Como foi o primeiro tempo?

Logo que o jogo começou, o Athletico marcou com Canobbio, após falha de Fabrício Bruno e Pulgar, e mudou completamente o desenho da partida. Não que os visitantes já não viessem para se defender, mas a “retranca” ficou ainda maior. O Flamengo, por sua vez, teve muita dificuldade para furar o bloqueio da equipe paranaense e teve poucas chances claras de gol.

E a etapa final?

O segundo tempo viu um Flamengo muito mais incisivo, conseguindo furar o bloqueio do Athletico logo aos 10 minutos com Pedro, após pênalti sofrido por Arrascaeta. Bruno Henrique, xodó da torcida, entrou na vaga de Victor Hugo e decidiu de cabeça, com assistência do uruguaio. Virada e vantagem ao Rubro-Negro carioca, que sofreu um pouco no fim, de maneira desnecessária.

O que vem por aí?

Depois da Copa do Brasil, o Flamengo vira a chave e foca as atenções na disputa do Brasileirão. Neste sábado (08), o Rubro-Negro terá um confronto direto diante do Palmeiras pela frente, às 21h (de Brasília), no Allianz Parque. O Athletico, por sua vez, encara o Fortaleza no domingo (09), às 18h30 (também de Brasília), na Arena Castelão.

FICHA TÉCNICA
Copa do Brasil – Quartas de final – Ida
Flamengo 2 x 1 Athletico


Local:
 Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Data: 05 de julho, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (FIFA-SP)
Assistentes: 
Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Rafael da Silva Alves (FIFA-RS)

Árbitro de vídeo (VAR): Igor Junio de Oliveira (FIFA-MG)
Público e Renda: 66.505 presentes e R$ 5.648.942,50 de renda

Cartões amarelos: Thiago Andrade e Bento (CAP); Pulgar e Wesley (FLA)
Cartões vermelhos: –

GOLS: Canobbio (0-1, aos 6′ do 1ºT), Pedro (1-1, aos 10′ do 2ºT), Bruno Henrique (2-1, aos 26′ do 2ºT)

FLAMENGO (Técnico: Jorge Sampaoli)
Matheus Cunha, Wesley, Fabrício Bruno, David Luiz e Ayrton Lucas; Erick Pulgar, Victor Hugo (Bruno Henrique, aos 20′ do 2ºT), Arrascaeta (Thiago Maia, aos 41′ do 2ºT), Gerson e Everton Ribeiro (Luiz Araújo, aos 33′ do 2ºT); Pedro

ATHLETICO PARANAENSE (Técnico: Wesley Carvalho)
Bento; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Zé Ivaldo; Madson (Khellven, aos 14′ do 2ºT), Fernandinho, Erick (Cuello, aos 35′ do 2ºT) e Esquivel; Vitor Bueno (Christian, aos 14′ do 2ºT), Vitor Roque (Thiago Andrade, aos 43′ do 2ºT) e Canobbio (Léo Cittadini, aos 35′ do 2ºT).

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Sobre a estreia como técnico do Clipper no estadual, Charles afirma: “Foi da pior forma possível”

Paulo Rogério

Sem dificuldades, Amazonas vence Náutico-RR por 3 a 0 pela Série D

Paulo Rogério

Vegetti marca, mas é expulso, Vasco leva empate do Goiás no fim e segue drama contra o rebaixamento no Brasileirão

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...