SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com placar apertado, Manaus vence Iranduba e garante vaga na semi do Amazonense

O Manaus garantiu matematicamente a vaga na semifinal do primeiro turno do Campeonato Amazonense, na noite deste sábado, 15/2, no Estádio da Colina. Com gol de Hamilton, o Gavião do Norte venceu o Iranduba por 1 a 0, pela penúltima rodada da fase classificatória. Com resultado, a equipe continua em segundo, mas avança agora com 14 pontos, ficando atrás do Amazonas, líder com 16 pontos na tabela.

Já classificado, o Manaus enfrenta o Amazonas, numa prévia do que pode ser a final do primeiro turno. O jogo será realizado, nesta quinta-feira, 20/2, às 20h30 (21h de Brasília), na Arena da Amazônia. Ameaçado de rebaixamento, e na última colocação com apenas um ponto, o Iranduba encerra sua participação no turno, diante do Fast Clube, na terça-feira, 18/2, às 20h30 (21h30 de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste.

Fajardo disse que esperava um jogo difícil pela situação do adversário (Foto: Agência Sports Manaus)

Com ausência de alguns titulares, o treinador Wellington Fajardo, disse ao Sports Manaus, que já previa uma partida complicada, devido ao jogo intenso contra o Coritiba, pela Copa do Brasil. Para ele, o placar magro não foi pela falta dos jogadores que já vinham atuando, mas pela situação do adversário de buscar a reabilitação no campeonato.

– A gente sabia que seria um jogo difícil, principalmente em se tratando da partida que fizemos muito difícil, no aspecto físico, técnico e tático, na última quarta-feira. Depois de pouco mais de 62 horas, tivemos que enfrentar o Iranduba, que ficou 12 ou 13 dias descansado. Isso faz uma diferença muito grande, mas a gente sabia que jogar contra um time que está na zona do rebaixamento, onde todo mundo já esteve lá, sabe que o adversário se supera. Nosso objetivo era vencer e buscar a classificação – comentou Fajardo.

Hamilton afirmou que foi importante garantir a vaga na semifinal (Foto: Agência Sports Manaus)

Autor do gol da vitória, o atacante Hamilton, usou de seu forte na bola aérea para definir o placar a carimbar a classificação do Manaus, na semifinal do primeiro turno. Segundo o jogador, apesar da situação na tabela do Iranduba, ele considerou uma partida complicada.

– Sim, foi um placar apertado, mas sabíamos da situação do Iranduba, em que se encontra, por isso, seria difícil mesmo, porque nada é fácil. O importante mesmo foi os três pontos. Agora é pensar no próximo jogo, porque vai ser outra guerra no campeonato

De férias no Brasil, mas com passagem nas categorias básicas do futebol amazonense e profissional, o técnico Roberley Assis, aceitou o desafio de comandar o Iranduba na reta final do primeiro turno. Com um trabalho no futebol irlandês, Roberley, disse o placar foi injusto, apesar da superioridade do adversário.

– Disse aos atletas, se a gente errar, o Manaus vai aproveitar. O gol que eles fizeram nós demos, vindo de um escanteio. A gente vai corrigir isso, onde fizemos um bom primeiro tempo, mas um segundo tempo razoável. O trabalho está sendo feito com muito comprometimento e os atletas estão de parabéns. Poderia ter sido melhor, acho que empate seria justo, pois tivemos condições inclusive de fazer gols – finalizou.

Manaus teve dificuldades para vencer o Iranduba, no Estádio da Colina (Foto: Agência Sports Manaus)

Ficha técnica:

Jogo: Manaus 1×0 Iranduba

Motivo: Campeonato Amazonense da Série A / 1º turno / 6ª rodada

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Horário: 18h (19h de Brasília)

Renda: R$ 6.200,00

Público presente: 877 

Árbitro: Raimundo José de Medeiros

Árbitros Assistentes: Noélia Chaves da Paixão e José Luís de Oliveira Ramos

Gols: Hamilton 25min 2ºt (Manaus)

Advertências: Lucas Andrade, Antônio, Werley, Kennerson e Bruno Saul (Iranduba) e Derlan (Manaus)

Manaus: Jonathan, Igor Carvalho (Edvan),  Patrick Borges, Luís Fernando, Caíque, Derlan, Panda, Gabriel Davis, Hamilton, Paulinho Simionato (Thiago Brito) e Janeudo (Rennan). Técnico: Wellington Fajardo.

Iranduba: Bruno Saul, Gaspar, Antônio, Dedimar (Kennerson), Dassayev, Matheus Levi (Werley), Lucas Andrade (Alexandre), Thiago Bonfim, Da Silva, Lucas Espiga e Bolacha. Técnico: Roberley Assis.

Outras postagens...

Cartão amarelo: “Associação de Árbitros do AM solicita auxilio assistencial da FAF”

Paulo Rogério

Em casa, Novorizontino-SP goleia Goiânia-GO e enfrenta o Fast Clube no jogo do acesso à Série C de 2021

Paulo Rogério

Na primeira semi, Manaus vence Nacional por 3 a 0 e fica perto da final do Amazonense

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol