SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Sobre o Bragantino-PA fora de casa pela Série D, técnico do Fast define: “Vamos buscar a vitória”

Manter a liderança do grupo A, com quatro pontos e superar um adversário direto pela vaga e motivado para assumir a primeira posição. Diante disso, o Fast Clube joga com o Bragantino-PA, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, nesta quarta-feira, 30/9, no Estádio Diogão, na cidade de Bragança, no Pará.

Jogar fora de casa sempre é difícil por vários motivos, mas o treinador Lecheva afirmou que o Fast não vai abrir mão de seu estilo.

– É importante está somando pontos, ou seja, um ou três sempre é importante fora de casa. Nossa equipe tem uma identidade, uma maneira de jogar e não vamos fugir a essa característica. Vamos buscar a vitória, jogar normalmente como jogamos sempre, mas sabedores também que um empate com o Bragantino não é nenhum resultado desastroso e nada fora do normal, assim como também não seria uma derrota, mas isso não está em nosso pensamento – explicou, mas alertou ao SPORTS MANAUS.

– Sabemos que vamos jogar com uma equipe qualificada, que já tem uma base junta algum tempo, um ritmo de jogo melhor do que a gente, além disso, ainda participaram nessa fase de pandemia de alguns jogos do campeonato estadual, diferentemente do Fast. Estamos bastante confiantes de fazer um bom jogo e trazer o resultado positivo – contou.

Com cada jogo sendo decisivo, o comandante do Tricolor de Aço, considera o time paraense o mais perigoso até agora na Série D, pois a campanha mostra a qualidade do adversário.

– Com certeza, esse é um jogo senão o mais difícil é um dos mais dentro da nossa chave, principalmente porque conheço o Bragantino, já tem uma base de pelo menos dois anos. Com essa base, o time conseguiu resultados expressivos. Por exemplo, ano passado na Copa do Brasil foi bem e chegando em semifinais no campeonato estadual e hoje é um dos líderes. É um time muito forte jogando aqui em Bragança, mesmo não tendo o apoio do torcedor – relatou, mas por conta do bom resultado na estreia e o futebol em campo, é ciente de que todos vão jogar para superar o Fast.

– O próprio treinador do Rio Branco, após o jogo foi nos cumprimentar. Agente fica feliz, mas sabemos que isso gera um expectativa muito grande e uma responsabilidade maior ainda. Nós temos um trabalho bastante consistente. Sempre é bom ser o protagonista. Eu nunca quero ser o coadjuvante, quero sempre ser o protagonista em todas as competições. Temos um grupo qualificado, e a forma que as outras equipes ver a gente é natural, mas temos que trabalhar bem e forte para superar os adversários – comentou Lecheva.

Outras postagens...

Mesmo classificado, técnico do Castanhal-PA afirma sobre o Penarol: “Vamos jogar com o time titular”

Paulo Rogério

Com gol de Ivan, São Raimundo vence Rio Branco-AC e garante vaga na próxima fase da Série D

Paulo Rogério

“Pelo bem do clube, seguiremos apoiando e dando suporte”, afirma ex-dirigente e o patrocinador por amor ao São Raimundo

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...