SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Um dos adversários do Nacional-AM, técnico do Red Bull analisa grupo na Copa SP

Foto: Divulgação 

Vice-campeão paulista da categoria deste ano, o Red Bull Brasil vai disputar a 51ª Copa São Paulo de Futebol Júnior, credenciado com uma das equipes a chegar bem longe na maior competição de base do futebol brasileiro. Com uma bela campanha em 2012, quando chegou às oitavas de final, o Tourão, está no grupo 06, com Nacional-AM, Velo Clube-SP e Paraná Clube.

Na tabela, o Red Bull Brasil estreia com Velo Clube, às 17h, no dia 3 de janeiro. A segunda partida será diante do Paraná Clube, às 19h15, dia 6 de janeiro. No último jogo da fase classificatória será com Nacional, às 17h, no dia 9 de janeiro. Todos os confrontos serão realizados no Estádio Benito Agnello Castelani, na cidade de Rio Claro, e transmitidos pela TV da Federação Paulista de Futebol (FPF).

De Campinas, o técnico Alexandre Lemos, 34 anos, há um ano e meio no comando do Red Bull, fez uma avaliação do grupo na competição. Ele disse ao Sports Manaus, que espera muitas dificuldades durante os jogos.

– É um grupo competitivo e bem nivelado. A gente imagina que o Paraná Clube venha forte. Já o Velo Clube é um time tradicional da cidade. O Nacional é uma incógnita? Ninguém tem muita noção do que o time é capaz, mas essas equipes do Norte e Nordeste quando vem, principalmente do Norte desconhecidos, costumam ter um time fisicamente privilegiado e jogadores muito rápidos. Espero um grupo bastante competitivo – analisou Alexandre, mas confessou.

– Com toda certeza, ainda não peguei os jogos, porque estamos no início da preparação. Temos um analista responsável por esses jogos. A gente sabe que o Paraná Clube jogou o Campeonato Paranaense com jogadores 99 e alguns 2000, que estão fazendo parte do profissional. O Velo Clube, vamos ter uma noção, de acordo com as informações do nosso analista. Agora o Nacional vamos ter mais dificuldades, por ser uma equipe pouca acessível – concluiu.

Com relação ao Nacional, último adversário na tabela, Alexandre Lemos, reafirmou as dificuldades para reunir dados e informações para avaliar melhor taticamente e individualmente o time amazonense.

– Como sempre as equipes do Norte são times rápidos, com jogadores de velocidade e boa imposição física. A gente espera um time que venha jogando em transição, igual a grande maioria durante a competição. Nós vamos estrear contra o Velo Clube, pois nossa preocupação é com esse time e as outras equipes vamos conhecer durante a Copa – disse, mas aproveitou para comentar as chances dentro do grupo.

– Até onde a equipe pode chegar é uma situação que a gente tem que ir pensando jogo a jogo. É obvio que a gente trabalha com metas, sendo a primeira se classificar em primeiro. A gente entende que o Red Bull é um clube de primeira divisão e todos os clubes nessa posição tem que buscar a primeira colocação. Estamos com uma equipe nova, mas bem competitiva. A cada jogo vamos analisar e tentando fazer o melhor. A expectativa é que não seja pior do que foi ano passado, mas no mínimo o melhor possível – finalizou.

Outras postagens...

The Wirecutter’s Best Deals: Save $50 on Apple’s 10.5-inch iPad Pro

Paulo Rogério

Com bolas na trave e gols anulados, Nacional vence Real Ariquemes-RO e lidera grupo A3 na Série D

Paulo Rogério

Pelo empate, Escola do Santos Manaus enfrenta Real Manaus na semifinal do Amazonense Sub-11

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol