SportsManaus
COPA DO BRASILFUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Corinthians toma dois contra-ataques letais e perde do Remo em estreia na Copa do Brasil

Da redação do Sports Manaus, com informações da GAZETA ESPORTIVA – São Paulo, SP – 12/04/23 | 23:27 – 13/04/23 | 01:03

Foto: Divulgação / Corinthians 

O Corinthians não começou sua trajetória na Copa do Brasil com o pé direito. Nesta quarta-feira a equipe comandada pelo técnico Fernando Lázaro visitou o Remo, no Mangueirão, pela ida da terceira fase da Copa do Brasil, e amargou a surpreendente derrota por 2 a 0, graças aos gols de Richard Franco e Muriqui em contra-ataques letais.

O técnico Fernando Lázaro decidiu poupar alguns de seus titulares nesta quarta-feira devido à maratona de jogos que o Corinthians terá pela frente, mas se viu obrigado a promover as entradas de nomes como Róger Guedes, Fagner e Fausto Vera no segundo tempo. Ainda assim, o Remo se manteve firme, evitando qualquer tipo de ameaça do Timão.

Com o resultado, o Corinthians precisará vencer o Remo por, no mínimo, três gols de diferença no dia 26 de abril, em Itaquera, para avançar às oitavas de final no tempo regulamentar. O clube do Pará, por sua vez, pode se dar ao luxo de perder por até um gol que, ainda assim, garantirá a classificação. Um triunfo corintiano por dois gols de diferença leva a decisão para os pênaltis. Não há critério de gol fora de casa.

Remo domina o 1º tempo

Logo aos dois minutos de jogo os donos da casa tiveram uma boa oportunidade de abrir o placar com Richard Franco, que se antecipou em cruzamento de Paulo Roberto e, no primeiro pau, desviou de cabeça, mandando rente à trave do goleiro Cássio.

Dez minutos depois, o Remo foi mais feliz. Richard Franco puxou contra-ataque, acionando Muriqui, que, por sua vez, abriu para Paulo Roberto bater cruzado, exigindo boa defesa de Cássio. No rebote, porém, Richard Franco precisou apenas completar de primeira, com o goleiro corintiano já caído, para abrir o placar no Mangueirão.

O Remo continuou em cima do Corinthians, apesar da vantagem, e quase ampliou com Matheus Galdezani soltando uma bomba de fora da área, que desviou em Giuliano e passou a centímetros da trave. Depois foi a vez de Paulo Roberto encher o pé da entrada da área e ver Cássio chegar a espalmar a bola antes de ela explodir no travessão.

Antes do intervalo o Corinthians ainda tentou o empate em jogada do garoto Pedro, que recebeu pela esquerda, saiu costurando a marcação e tocou para Yuri Alberto bater de trivela, mas o atacante corintiano não pegou em cheio na bola, mandando para fora.

Lázaro aciona titulares

Precisando correr atrás do prejuízo, o Corinthians voltou para o segundo tempo com três mudanças. Fernando Lázaro decidiu acionar três titulares, Róger Guedes, Fagner e Fausto Vera, que entraram nas vagas de Pedro, Adson e Maycon, respectivamente.

Modificado, o Corinthians ameaçou empatar nos primeiros minutos, inicialmente com Du Queiroz, em chute da entrada da área que passou sobre o travessão, e depois com Róger Guedes, que recebeu lançamento de Fábio Santos, saiu cara a cara com o goleiro e tocou para Yuri Alberto, que não conseguiu chegar a tempo de empurrar a bola para o fundo das redes.

Remo letal

Só que o Remo era mais eficiente e acabou ampliando aos 15 minutos. Muriqui recebeu passe em profundidade, se livrou da marcação de Bruno Méndez e abriu na direita para Lucas Mendes, que cruzou na medida para o atacante completar de coxa, na pequena área, deixando os donos da casa ainda mais confortáveis na partida.

E a vitória do Remo só não ficou mais elástica aos 28 minutos porque Paulo Roberto não conseguiu bater firme para o gol após arrancar sozinho e invadir a área já se livrando da marcação, vendo Cássio fazer a defesa sem dar rebote.

Róger Guedes ainda tentou descontar já na reta final em cobrança de falta da entrada da área, mas acertou a rede pelo lado de fora, chegando a ouvir alguns gritos de gol da torcida corintiana. Assim, coube ao Timão se conformar com a derrota em Belém do Pará.

FICHA TÉCNICA
REMO 2 X 0 CORINTHIANS

Local: Mangueirão, em Belém (PA)
Data: 12 de abril de 2023, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (Fifa-SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (SC) e Eder Alexandre (SC)
VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Gols: Richard Franco, aos 12 do 1ºT, Muriqui, aos 15 do 2ºT (Remo)
Cartões amarelos: Fagner, Fábio Santos (Corinthians)

REMO: Vinícius; Lucas Mendes, Ícaro, Diego Guerra e Leonan; Richard Franco (Diego Ivo), Anderson Uchôa, Galdezani (Diego Tavares) e Paulo Roberto (Paulinho Curuá); Pedro Vitor (Fabinho) e Muriqui (Lucas Marques).
Técnico: Marcelo Cabo

CORINTHIANS: Cássio; Du Queiroz, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Maycon (Fausto Vera), Paulinho (Matheus Araújo) e Giuliano (Chrystian Barletta); Adson (Fagner), Pedro (Róger Guedes) e Yuri Alberto.
Técnico: Fernando Lázaro.

 

 

 

Outras postagens...

Calleri decide, e São Paulo bate o Flamengo no jogo de ida da final da Copa do Brasil

Paulo Rogério

Técnico do Manaus enaltece força do grupo na conquista do título e afirma: “Reverteram situações difíceis”

Paulo Rogério

Flamengo atropela o Vasco, entra no G6 e aumenta a crise do rival, penúltimo do Brasileirão

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...