SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

“Temos um bom retrospecto em casa”, disse técnico do Jacuipense-BA sobre jogo da semi com Manaus pela Série D

Foto: Divulgação / Jacuipense 

Depois de conquistar pela primeira vez o acesso histórico para o Brasileiro da Série C de 2020, agora o Esporte Clube Jacuipense, vai buscar sua vaga na grande final do Brasileiro da Série D e lutar pelo título inédito. Nesse sentido, o Leão Grená enfrenta o Manaus, na primeira partida da semifinal, neste domingo, 28/7, às 14h (15h de Brasília), no estádio Eliel Martins, na cidade Riachão do Jacuípe, no interior da Bahia.

Com estágio no Borússia Monchengladback e Bayern de Munique, da Alemanha e o Nice, da França, o técnico Jonilson Veloso, 44 anos, no clube desde 2017, mas uma passagem anterior em 2015/2016, já trabalhou na Catuense e Juazeirense. Para ele, conseguir o resultado positivo é fundamental na primeira partida, porque ainda não perdeu em casa.

– Temos um bom retrospecto em casa, ganhamos todas e não perdemos para ninguém. Vamos fazer esse fator valer apenas, porque sabemos da nossa vantagem de jogar aqui, mas para nós não muda muito. Vamos continuar jogando como estamos fazendo para conseguirmos uma vantagem, pois jogar em Manaus é muito difícil, mas estamos todos preparados. Sobre jogar a primeira em casa ou a segunda não muda, mas o que muda é fazer o resultado, pois conseguindo algo positivo vamos com uma boa vantagem para chegar na final – disse, mas afirmou ao SportsManaus, que agora a meta é chegar na final.

– Sim, com certeza, a conquista e o acesso foi do clube, agora vamos brigar pelas nossas conquistas pessoais, porque todos querem o título. Já conseguimos o acesso e estamos tão próximos, então não custa nada sonhar. Sabemos que a equipe do Manaus é muito boa, porque quem chega nessa fase é por merecimento. Em relação as conquistas pessoais temos que estar correndo sempre atrás e agora vamos buscar o título da Série D.

Treinador do Jacuipense disse depois do acesso, a meta é lutar pelo título da Série D (crédito: Divulgação / Jacuipense)

Mesmo sabendo da boa campanha do adversário até agora na competição, o comandante do Leão Grená, também lembra que seu time chega na semifinal credenciado com uma trajetória também de destaque.

– Sim, com certeza, o Manaus tem a segunda melhor campanha, mas tem o mesmo número de pontos do Jacuipense, por isso, está muito equilibrado os jogos com esses quatro finalistas. Sabemos que o adversário será difícil, isso não temos dúvida, mas quem chegou aqui, sabe onde quer chegar. Tenho certeza que faremos dois grandes jogos e estamos felizes por ter uma equipe do Nordeste e outra do Norte, porque que não foi fácil – finalizou, mas disse que já tem os dados sobre o Manaus.

– Nós temos nosso departamento de análise e desempenho que estudou o Manaus, sabemos que dentro de casa é muito forte, marcou muitos gols, sabemos dos cuidados que devemos ter com uma transição muito boa, com jogadores como Rossini, Hamilton e o Mateus, que não vai jogar esse primeiro jogo, além disso, tem uma defesa bastante solida. Estamos preparados, porque chegamos e o Manaus também, além do Brusque e o Ituano. Os times que chegaram nessa fase todos estão preparados e com seus méritos, mas o Manaus é uma grande equipe e muito boa, por isso, está dentre as melhores da Série D.

Sobre a conquista do acesso à Série C do ano que vem, o treinador Jonilson Veloso, afirma ter sido um momento muito especial, não apenas para cidade de Riachão do Jacuípe, mas para o futebol baiano como um todo no cenário nacional.

– A classificação da Jacuipense é um planejamento que vem sendo feito desde ano passado. Já conhecíamos a competição, fizemos um investimento com jogadores com mais experiência e mais rodado. É uma realização do time da Bahia, a gente se firmando no estado e agora nacionalmente. É um projeto audacioso, que já começou com êxito com acesso à Série C, onde para cidade é algo excelente e também para o Estado da Bahia, porque agora tem o Bahia, o Vitória e o Jacuipense.

Outras postagens...

7 people To Follow If You Want A Career in UX Design

Paulo Rogério

Em jejum há três jogos, Penarol vence Nacional pelo Amazonense e entra no G4

Paulo Rogério

Sem jogar bem, Fast vence Penarol na abertura do Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol