SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Com céu aberto e sem chuva, Amazonas vence Manauara e faz história com título inédito do Campeonato Amazonense

O gol da Onça-pintada foi marcado pelo atacante Luan Santos, no segundo tempo.

Depois de ser adiado por conta do temporal que desabou um dia antes, agora com o campo melhor e boa presença de público, o Amazonas não realizou uma grande partida, mas o placar mínimo diante do Manauara por 1 a 0, foi suficiente para o time entrar na história do futebol amazonense com o primeiro título do Campeonato Amazonense da Série A. O jogo de volta da final, aconteceu na manhã deste domingo (23), no Estádio Carlos Zamith, zona Leste da cidade. O gol da Onça-pintada foi marcado pelo atacante Luan Santos, no segundo tempo.

Com a melhor campanha do estadual, o Amazonas além do título regional, já havia garantido a presença na Copa do Brasil e Copa Verde de 2024. Agora, a chave vira e o time visa sua estreia diante do Brusque-SC, pelo Campeonato Brasileiro da Série C, no dia 3 de maio, em Santa Catarina.

Jogo

Adiado em virtude das condições do gramado pelas fortes chuvas um dia anterior, Amazonas e Manauara, finalmente entraram em campo para decidir o título inédito de duas equipes debutantes do futebol amazonense no profissional.

Jogando com a vantagem do empate, a Onça-pintada começou melhor com a posse de bola, mas tinha do outro lado o Robô disposto a explorar as jogadas rápidas do contra-ataque. Aos cinco minutos, o Manauara chegou com Paulinho pela esquerda. O jogador cruzou na área e Marcelinho bateu de primeira por cima da meta de Fabian Volpi.

Em seguida, aos seis minutos, Alison aproveitou uma jogada para marcar, mas o assistente 2, Whendell Saraiva da Silva, marcou lance irregular e a árbitra Edina Alves Batista, anulou o tento da Onça.

Melhor em campo, o Amazonas tinha a posse de bola, mas não conseguia entrar na forte defesa do Robô. Já o Manauara, recuado por conta do volume do adversário, saía com perigo nos contra-ataques.  

Aos 27 minutos, o Robô chegou para assustar a meta da Onça. Pela esquerda, Dal Pian cruza na área para Ítalo, e mesmo marcado pela zaga ainda cabeceou, mas por cima da meta de Volpi.

Precisando do resultado, o Robô saiu mais em busca do gol. Aos 38 minutos, Luiz Renan recebeu uma bola pela meia direita e soltou um balaço, que passou por cima da baliza de Fabian Volpi da Onça.

Na sequência, aos 40 minutos, foi a vez do Amazonas chegar para marcar presença na frente. Rafael Tavares tocou na esquerda para Miliano, que não aproveitou e chutou longe da meta do Robô.

Segundo tempo

O segundo tempo definiria tudo para ambos os lados. Aos nove minutos, o Amazonas teve a chance de abrir o marcador. Cruzamento pela esquerda na área, Rafael Tavares sozinho na área chutou por cima da meta e perdeu uma grande chance.  

Aos 16 minutos, o Robô quase marcou após um arremesso de lateral pela direita com Marcelinho, que jogou na área para Gabriel, ele tocou para Iury Tanque de bicicleta com a bola bater no travessão. Um minuto depois, o Manauara com Dal Pian chegou e chutou à esquerda do goleiro Volpi.  

Apesar do tempo ser decisivo, houve poucas chances, em virtude da ansiedade de ambos os lados decidirem a partida. Aos 26 minutos, após uma saída rápida pela direita do Amazonas no contra-ataque, o atacante Luan Santos na área se antecipa a zaga e toca para abrir o marcador, 1 a 0.

Nos descontos, aos 48 minutos, o Robô cobrou tiro de cabo pela direita na área e Iury Tanque cabeceou com perigo no canto direito do goleiro Volpi da Onça. 

Ficha técnica:

Data: 22/04/2023 – sábado

Motivo: Campeonato Amazonense da Série A – Final / Jogo de volta

Jogo: Amazonas 1×0 Manauara

Local: Estádio Carlos Zamith – Manaus/AM

Horário: 15h30 (16h30 de Brasília)

Renda: —

Público pagante: —

Árbitro: Edna Alves Batista (FIFA/SP)

Árbitros Assistentes:  Uesclei Regison Pereira dos Santos (AM) e Whendell Saraiva da Silva (AM)

Gol: Luan Santos 26min 2ºt (Amazonas)

Advertências:

Expulsão:

Amazonas: Fabian Volpi, Yuri Ferraz, Thiago Spice, Alison, Renan Castro, PH, DG, Julio Rush, Rafael Tavares, Luan Santos e Miliano. Técnico: Rafael Lacerda.

Manauara: Deijair, Luiz Renan, Vinicius, Diego Clemente, Dal Pian, Bruno, Ícaro, Ítalo, Marcelinho, Iury Tanque e Marcelinho. Técnico: Cristian de Souza.

 

 

 

Outras postagens...

Bragantino vence Santos, segue sonhando com título e afunda Alvinegro na zona de rebaixamento

Paulo Rogério

Fluminense joga mal e perde para o Coritiba no Brasileirão; veja resultado

Paulo Rogério

Mesmo com a vantagem, técnico do Flamengo alerta sobre o Flu-PI pela Copa do Brasil Sub-20: “Não garante a vaga”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...