SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

“A nossa equipe tem uma forma de jogar”, alerta o técnico do Brusque-SC sobre o primeiro jogo da final com Amazonas da Série C

O jogo de volta do título da temporada, será no domingo, 22/10, às 17h (de Brasília), no Estádio Augusto Bauer.

Foto: Lara Vantzen/BFC

Com a chegada de praticamente quatro dias de antecedência do primeiro jogo da final do Campeonato Brasileiro da Série C, o Brusque-SC desembarcou na madrugada desta quarta-feira, e na tarde desta quinta-feira (12), já realizou seu treino em solo amazonense. O Bruscão joga com o Amazonas, neste domingo, 15/10, às 17h (18h de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus. O jogo de volta do título, será no próximo domingo, 22/10, às 17h (de Brasília), no Estádio Augusto Bauer.

Após a movimentação, o técnico Luizinho Lopes, foi perguntado pela AGÊNCIA SPORTS MANAUS sobre a boa campanha fora de casa, se é um fator que mostra o potencial do grupo e superação diante das adversidades até agora na Série C e se não será diferente em Manaus.

– A nossa equipe tem uma forma de jogar, seja dentro ou fora. A gente procura jogar o mesmo futebol, mas obviamente se atentando para os detalhes com relação às estratégias praticadas, até porque cada adversário tem sua forma e maneira de jogar. A nossa equipe foi a que mais venceu fora de casa, o que mostra que não sente essa relação do mando de campo – comentou, mas ainda citou.

– Em cima disso, se apegar a essa confiança, em que é uma equipe que tem um bom retrospecto para que possamos conquistar um grande resultado. Obviamente, a gente entra em campo para vencer, mas no final da partida, vamos agradecer a Deus, o resultado que vier, porque vamos fortes para decidir em casa – disse Luizinho.

LEIA MAIS: 

De acordo com o comandante do Bruscão, o campeonato que iniciou com várias equipes, apenas duas vão decidir o título, mas com certeza, as melhores ao longo da temporada. Para ele, o grupo tem um grande potencial, e isso é importante nessa reta final.

– A nossa equipe está muito confiante. A equipe deles vem de um processo de evolução constante, desde a chegada do Luizinho Vieira, mas realmente tinha uma base, um trabalho que vinha sendo muito bem feito pelo Lacerda, porém, com a chegada do Luizinho deram uma reconectada com os resultados. O Brusque chega muito forte, fizemos 13 pontos no quadrangular, sendo a maior pontuação da história do quadrangular na Série C. São duas equipes que chegam em seus melhores momentos – relatou Lopes. 

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Em jogo com Manaus pela Série C, técnico do Paysandu diz sobre o retrospecto em casa: “É um dos pontos fortes”

Paulo Rogério

Com vários passes errados, Manaus empata com Altos-PI pela Série C e revolta torcida na Colina

Paulo Rogério

Naça anuncia venda de ingressos para jogo diante do Manaus FC

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...