SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

Com novo hat-trick de Stronda, Cliper goleia Tarumã por 7 a 1 pelo Amazonense da Série B

Não foi o jogo entre Alemanha e Brasil na Copa do Mundo de 2014, mas o placar e o grande futebol apresentado pelo Cliper Clube na goleada diante do Tarumã por 7 a 1, mostrou a superioridade do time pela quarta rodada do Campeonato Amazonense da Série B. Com resultado expressivo, o Águia Dourada do P10, assume a liderança da divisão de acesso, com sete pontos, mesmo número do Amazonas, mas na frente pelo critério de desempate. A partida foi realizada na tarde deste domingo, 3/11, no estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.

Pela última rodada da fase classificatória, o Cliper Clube folga na tarde, depois de ter cumprido seus jogos, mas agora vai aguardar os resultados para saber se garante vaga ou não na final do campeonato e na elite do futebol amazonense de 2020. Já o Tarumã, em quarto colocado, com três pontos e sem chances de classificação, enfrenta o São Raimundo, pela quinta rodada, no sábado, 9/11, às 16h, no estádio da Colina.

Satisfeito não apenas pelo resultado e o bom futebol apresentado pelo Cliper, o treinador Mazinho, comemorou o trabalho realizado durante a semana, culminando com grande desempenho da equipe em campo.

– A semana toda foi falado sobre isso, de ter paciência e tranquilidade na hora de definir em gols. O grupo está de parabéns, souberam aproveitar e ter calma, conversamos muito sobre isso, o que faltou nos primeiros jogos. Criamos também nos dois primeiros jogos, com duas belas equipes. Nossa parte foi feita, agora é esperar o que Deus tem para gente. O que fiquei sabendo anteriormente é que o Cliper era saco de pancada, mas esse ano foi diferente – disse o comandante do Águia Dourada.

 

Cliper foi absoluto em campo e não deu chances ao adversário (Foto: Paulo Rogério)

Hat-trick em dose dupla

Depois de ter marcado três vezes no jogo com Holanda, o meia Stronda repetiu o hat-trick, agora na goleada com Tarumã. Para o jogador, é uma sensação única o feito. Para ele, o importante agora é torcer para o Cliper garante a vaga na Série A do ano que vem.

No pênalti, meus companheiros foram solidários comigo. Sabendo que brigava pela artilharia, pedi para bater. Sendo artilheiro, não sou apenas eu que vou estar aparecendo, mas o Cliper. É a primeira vez que marco em duas partidas seguidas três em gols. É um sonho de cada jogador, mas isso mostra a força do nosso grupo de conseguir o objetivo de disputar a Série A do ano que vem – comentou.  Jogo

Mal começou o jogo e o Cliper Clube já deixou seu cartão de visita. Aos dois minutos, Stronda pela direita avança e chuta forte para fazer, 1 a 0. O Tarumã quase chegou ao empate. Aos cinco minutos, Daivison recebe de frente para o gol e bate no canto direito, mas o goleiro Nelsinho defende e evita o gol.

Com o avanço do Lobo do Norte ao ataque para buscar o empate, o Cliper aproveitou as chances para os contra-ataques. Aos 11 minutos, saída de bola da defesa com Pastor, que tocou para Alberto e passou para Kelve na esquerda, ele cruzou rasteiro e Branco sozinho fez, 2 a 0.

Com aproveitamento melhor em relação aos últimos jogos nas conclusões, o Águia Doirada do P10 chegou ao terceiro gol. Aos 18 minutos, Carlinhos cruza pela direita e Stronda de cabeça marca mais um, 3 a 0.

Aos 34 minutos, o Tarumã conseguiu diminuir. Jogada individual de Terlisson próximo da meia lua da grande área, que chutou rasteiro no canto direito para fazer, 3 a 1. Na sequência, o Cliper marcou dois gols relâmpagos. Aos 37 minutos, Branco domina e toca por cobertura para ampliar, 4 a 1. Um minuto depois, Kelve pela esquerda avança e toca na saída do goleiro de canhota, 5 a 1.

No segundo tempo, perdendo com um placar significativo, não restava outra alternativa ao Lobo do Norte sair com tudo ao ataque. Aos nove minutos, Caique pela esquerda chuta a queima roupa, mas o goleiro do Cliper defende e evita o gol.

Aos 11 minutos, o Cliper investe pela direta com Kelve, que passa para Branco chutar em cima do goleiro e no rebote Kelve fica impedido, sendo marcado pelo árbitro. Aos 20 minutos, o Cliper quase ampliou com Carlos Junior, que tocou para Branco e chutou, mas o goleiro defendeu.

Aos 21 minutos, bola na área e Moisés tenta tirar, mas acaba tocando com a mão na bola. Um minuto depois, Stronda pede para Branco para cobrar e marcar seu terceiro em campo, 6 a 1. Mais uma chance do Cliper ampliar aos 29 minutos. Pela direita Carlinhos avança pela linha de fundo, que cruza para Anthony e de canhota chutou no canto direito com perigo.

Aos 38 minutos, o Tarumã perdeu a chance de diminuir o prejuízo com Edirlley. Sem perder tempo, o goleiro Nelsinho faz uma ligação na direita para Carlos Junior, que toca na grande área e Jonathan sozinho chuta sem chances para ampliar, 7 a 1.

Ficha técnica:

Jogo: Tarumã 1×7 Cliper Clube

Motivo: Campeonato Amazonense da Série B /1ª fase / 4ª rodada

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM   

Horário: 16h

Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior

Árbitros Assistentes: Jeová Rodrigues dos Santos e Adriana Costa Farias

Tarumã: César Rastafari, Luan, Allan (Eduardo), Rodrigo, Moisés, Bokita (Edirley), Robson, Anibal, Diogo (Dener), Caique e Terlisson. Técnico: Fernando Lage.

Cliper Clube: Nelsinho, Carlinhos, Luan, Pastor, Alberto, Rogério Pedra, Maxson (Anthony), Kelve, Stronda, Carlos Júnior e Branco (Jonathan). Técnico: Mazinho.

Outras postagens...

Absolvido no STJD, advogado do Iranduba entrará com um ofício na FAF requerendo participação no Campeonato Amazonense de 2024

Paulo Rogério

Novo técnico do JC feminino monta grupo forte, qualificado e afirma: “O sonhado objetivo, que é o acesso”

Paulo Rogério

Com várias chances perdidas, Nacional vence o Paysandu apenas por 1 a 0 e decide vaga na semi da Copa Verde, em Belém

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...