SportsManaus
FUTEBOL AMAZONENSE

“É um desafio”, afirma Mazinho ao ser anunciado como novo técnico do São Raimundo

Depois de comandar o Cliper Clube na recente divisão de acesso, Anquimar Oliveira, o Mazinho, 54 anos, foi confirmado nesta terça-feira, 19/11, como novo treinador do São Raimundo para o Campeonato Amazonense da Série A de 2020. Apesar de não ter alcançado a vaga, ficando em terceiro lugar na fase classificatória, com sete pontos, Mazinho, despertou interesse da diretora do Tufão da Colina, pelo seu trabalho realizado na equipe do Águia Dourada do P10.

Com exclusividade ao Sports Manaus, o carioca Mazinho, disse que sabe que tem pela frente um trabalho árduo, numa equipe com uma torcida muito exigente, chegando até com excessos em alguns momentos. Para ele, tudo isso faz parte do futebol, mas se diz preparado para isso.

– Com certeza é um desafio, estamos falando de um dos maiores clubes da região Norte e do futebol amazonense. Um clube que tem uma torcida grande. A gente está ciente que vai ter muita exigência e consciência que não vamos agradar todo mundo. A coisa que me fez aceitar o desafio, é saber que tenho condições junto com o grupo de jogadores que será formado de colocar o time no caminho das conquistas – comentou, mas afirmou que o trabalho realizado na Série B foi primordial para sua contratação.

– Acredito sim, que foi o trabalho no Cliper, um clube com menos tradição, nem se compara a tradição do São Raimundo, mesmo com pouco tempo e recurso de uma pessoa e ainda conseguiu fazer o que fez. Acredito sim, que isso foi determinante para o convite do São Raimundo, além a não permanência do Paulo Morgado, que preferiu se desligar do clube. Com isso, a equipe viu a necessidade de arrumar outro profissional – disse.

De acordo com Mazinho, o diretor de futebol Anderson Belchior, entrou em contato com ele e tudo foi resolvido na tarde desta terça-feira, depois de um almoço e reunião com outros dirigentes do Tufão. Segundo Mazinho, inclusive já foi definido até a permanência e chegada de outros jogadores.

– Alguns jogadores do Cliper vão fazer parte, até mesmo antes de assumir, alguns já tinham sido contactados pelo São Raimundo. Com a minha chegada, isso veio a fortalecer mais ainda. São jogadores que trabalharam comigo, foram muito bem e me ajudaram muito. Quando sentamos hoje, eles me passaram os nomes, e de imediato houve a concordância. Além disso, já tinha uma pré-lista de jogadores para trazer para o Cliper na Série A para compor o elenco – declarou, mas aproveitou para confirmar o início dos trabalhos para próxima temporada.

– Nossa pré-temporada está marcada para o dia 2 de janeiro com todo grupo. Vamos ter uma conversa com os atletas aqui de Manaus que vão continuar no grupo e os que são do Rio de Janeiro também em particular. Nós vamos tentar trabalhar a partir do dia 10 de dezembro, ou seja, os atletas daqui vão trabalhar em Manaus e os do Rio por lá. No dia 2 de janeiro vamos juntar todo mundo e dar sequência ao trabalho.    

Outras postagens...

Em jogo de desesperados, Rio Negro e Iranduba empatam pelo Campeonato Amazonense

Paulo Rogério

EXCLUSIVO: Wladimir Araújo fala em acesso e títulos no comando do Fast na temporada de 2020

Paulo Rogério

Depois da goleada e jogando com dez jogadoras, São Raimundo vence Rio Negro pelo AM feminino

Paulo Rogério

Leave a Comment

العربية简体中文EnglishFrançaisDeutsch日本語PortuguêsEspañol