SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Suárez marca de pênalti, Grêmio vence o Caxias e conquista o hexacampeonato do Gauchão

Da redação do Sports Manaus, com informações – LANCE! – Futebol Latino – 08/04/2023 – 18:35 – Porto Alegre (RS)

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Grêmio é hexa do Gauchão! Recebendo o Caxias na tarde deste sábado, pela segunda partida na final do Campeonato Gaúcho, o Tricolor fez valer o fator casa e, com gol de pênalti assinalado por Luis Suárez, conquistou o seu sexto título estadual consecutivo. Além disso, o clube também diminuiu a distância em troféus para o Internacional, tendo 42 contra 45 do arquirrival. 

VACILO (QUASE) FATAL

Os primeiros minutos da final foram de muitas disputas e poucas emoções. Apesar da nítida posse de bola superior e ideia de jogo para se impor no volume ofensivo, o Grêmio encontrou dificuldades nas linhas defensivas bem fechadas da equipe caxiense e na precisão no sistema de marcação do adversário.

Desta forma, não é de se espantar que a melhor oportunidade em toda a primeira etapa acabou surgindo somente de um erro claro cometido pela zaga grená. O volante Marlon tentou sair jogando no toque curto e ‘entregou’ para Vina. O meio-campista rolou para Luis Suárez que, com a marcação chegando, bateu com o peito do pé e viu a bola caprichosamente carimbar a trave esquerda do arqueiro Bruno Ferreira.

AUMENTOU O TOM

O primeiro erro da defesa do Caxias pareceu iniciar um crescimento técnico do Tricolor. De maneira cada vez mais constante, a mobilidade no ataque dos anfitriões encontrava espaços para causar problemas ao gol de Bruno Ferreira. Foi desta maneira que Bitello teve chute bloqueado já dentro da grande área, Villasanti viu sua finalização de primeira ‘raspar’ a trave esquerda e o chute rasteiro de Carballo acabou defendido de maneira incrível por Bruno.
  
O ARTILHEIRO RESOLVEU

Apesar da chance clara formulada pelo time caxiense em que Peninha parou em defesa espetacular de Adriel no chute de fora da área, a tônica do compromisso seguia com o Grêmio subindo suas linhas e tentando fazer a equipe da Serra Gaúcha ceder às investidas. E, aos 14 minutos, Suárez disputou dentro da área com o lateral Marcelo Ferreira e o Árbitro de Vídeo acionou Leandro Pedro Vuaden, que revisou e marcou pênalti para o Imortal.

Além de receber a infração, o ‘Pistolero’ também foi para a batida e mandou com força, no canto esquerdo de Bruno Ferreira, fazendo explodir a excelente presença de público nas dependências da Arena. 1 a 0 e hexa do Gauchão se confirmando em Porto Alegre.

O JOGO SE ABRIU…

O gol gremista obrigou a equipe do interior gaúcho a ser mais flexível em sua ideia de jogo no sentido de lançar suas linhas mais ao ataque. Tanto com a posse de bola, como também nos momentos de marcar o início das jogadas da equipe comandada por Renato Portaluppi. Com isso, os dois lados da decisão tiveram chances de marcar, em que a mais aguda delas veio em cruzamento defendido por Adriel e, no rebote, Marlon tinha campo livre para bater e mandou para fora com o arqueiro adversário ainda se recuperando.

…MAS DEU GRÊMIO!

Apesar do contexto em si favorecer uma mudança de cenário, prevaleceu a eficiência do Grêmio em meio as dificuldades. Lucas Silva chegou a marcar o segundo em contra-ataque com assistência de Suárez. Entretanto, a arbitragem anulou o tento por enxergar falta no início do lance em mudança de marcação que não alterou o resultado final. 1 a 0 Tricolor e hexa do Gauchão sacramentado.

FICHA TÉCNICA
​GRÊMIO 1 x 0 CAXIAS – FINAL DO CAMPEONATO GAÚCHO

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data e hora: 08/04/2022 – 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo Bernardi (ambos RS)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)
Cartões amarelos: Kannemann (GRE); Diego Rosa, Dirceu, Guedes, Marlon, Vinícius (CAX)
Cartões vermelhos: Vinícius (CAX)

GOLS: Luis Suárez (19’/2°T) (1-0)

GRÊMIO (Técnico: Renato Portaluppi)

Adriel; João Pedro, Bruno Alves, Kannemann e Reinaldo (Diogo Barbosa, aos 12’/1°T); Villasanti, Carballo (Lucas Silva, aos 41’/2°T), Cristaldo (Bruno Uvini, aos 41’/2°T), Bitello (Gustavinho, aos 41’/2°T) e Vina (Zinho, aos 36’/2°T); Luis Suárez. 

CAXIAS (Técnico: Thiago Carvalho)

Bruno; Marcelo Ferreira, Dirceu (Adriel, aos 40’/2°T), Fernando Fonseca e Dudu Mandai; Guedes (Vinícius, aos 39’/2°T), Marlon (Marciel, aos 28’/2°T), Peninha (Marcão, aos 33’/2°T), Jean Dias e Diego Rosa (Yago Taborda, aos 32’/2°T); Eron.

 

 

 

Outras postagens...

Pelo returno no grupo A1 na Série D, técnico do São Raimundo-RR avisa sobre o Amazonas: “Vamos buscar a vitória do início ao fim”

Paulo Rogério

Corinthians derrota o Vasco, mantém invencibilidade e ganha fôlego no Campeonato Brasileiro

Paulo Rogério

Árbitra da final da Série D em 2019, Edina Alves da FIFA, apita Brusque-SC e Amazonas na decisão da Série C

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...