SportsManaus
COPA DO BRASILFUTEBOLFUTEBOL NACIONAL

Flamengo vence o Grêmio fora de casa e abre boa vantagem por vaga na final da Copa do Brasil

Da redação do Sports Manaus, com informações – Lance! – Paula Mattos – Publicada em 26/07/2023 – 23:26 – Porto Alegre (RS) – Atualizada em 27/07/2023 – 01:46

Rubro-Negro venceu o confronto por 2 a 0 e saiu à frente na briga por um lugar na finalíssima

Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Flamengo venceu o Grêmio por 2 a 0, nesta quarta-feira (26), na Arena do Grêmio, pelo jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil. A partida se iniciou com muita intensidade e domínio do Tricolor, que pressionava o Rubro-Negro e criava boas chances de gol. Ainda na etapa inicial, no entanto, o time gaúcho diminuiu a marcação na saída de bola, e o Rubro-Negro igualou as ações, trocando as posições e tendo mais oportunidades.

Após bela jogada de Wesley, Bruno Henrique deu assistência para Gabigol, que abriu o placar. Logo na sequência, Gabi também perdeu um pênalti e desperdiçou a chance de ampliar o marcador. Fim dos 45 minutos iniciais com 1 a 0 para o time carioca.

 

Na volta do intervalo, a partida se reiniciou de forma tensa. A temperatura subiu, os nervos se exaltaram e uma expulsão ocorreu logo aos 14 minutos. Kannemann, que já tinha cartão, deu uma entrada dura em Everton Ribeiro, recebeu o segundo amarelo e deixou o Grêmio com um a menos.

CINCO LANCES QUE MARCARAM A PARTIDA:

>!QUE PERIGO! Com apenas dois minutos, Luis Suárez roubou a bola no círculo central, viu o Flamengo mal posicionado, com goleiro fora da área, e finalizou por cobertura. A bola passou à direita do gol.

>JOGADAÇA E GOL DO FLAMENGO! Wesley arrancou pelo meio, tirou a marcação e trabalhou com Bruno Henrique. O camisa 27 deu uma bela assistência para Gabigol, que abriu o placar na Arena do Grêmio.

>!GABIGOL PERDE PÊNALTI! Pouco após o gol, o Flamengo teve um pênalti claríssimo a favor. Gabigol foi na bola, mas desperdiçou a cobrança e parou na defesa de Gabriel Grando.

>EXPULSÃO NO GRÊMIO! Kannemann recebeu segundo cartão amarelo ainda aos 14 minutos do segundo tempo e deixou o Grêmio, que estava atrás do placar, com um a menos em meia hora de partida.

>PERDEU, PEDRO! INCRÍVEL! Nos acréscimos, o atacante fez uma bela jogada individual dentro da área, limpou a marcação e saiu na cara de Grando, mas finalizou mal e desperdiçou a chance de colocar um pé na final da Copa do Brasil.

Como foi o primeiro tempo?

O primeiro tempo foi bem disputado, com início mais dominante do Grêmio, mandante do confronto. Após ver o time adversário comandar a partida, o Flamengo conseguiu igualar as ações, passou a dominar o confronto e abriu o placar, saindo em vantagem para o intervalo: 1 a 0, com gol de Gabigol.

E a etapa final?

A partida se reiniciou com os nervos à flor da pele. Jogo pegado, lá e cá, com expulsão do lado do Grêmio. O duelo foi marcado por muita intensidade, mas o Flamengo conseguiu ser incisivo o suficiente para ampliar o marcador com gol de Thiago Maia e garantir vantagem para o jogo de volta. O confronto terminou em 2 a 0 para o Rubro-Negro, que decidirá a vaga na final no Maracanã.

O que vem por aí?

O Flamengo volta a campo no próximo sábado (29), para enfrentar o Atlético-MG, em jogo válido pela 17ª rodada. A partida será disputada no Estádio Independência, às 21h (horário de Brasília), e terá transmissão do Premiere, em TV fechada. O Lance! acompanha em tempo real. Já o Grêmio enfrenta o Goiás, no domingo (30), às 18h30.

FICHA TÉCNICA
Copa do Brasil – jogo de ida da semifinal
GRÊMIO 0 x 2 FLAMENGO

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data e horário: Quarta-feira (26/07), às 21h30 (Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG)
Árbitro de Vídeo (VAR): Igor Junio Benevenuto de Oliveira (Fifa-MG)

Cartões amarelos: Bruno Uvini, Kannemann, Ferreira e Reinaldo (GRE) Léo Pereira, Wesley e Allan (FLA)
Cartões vermelhos: Kannemann (GRE)

GOLS: Gabigol, 32’/1’ºT 0-1) e Thiago Maia, 23’/2ºT (0-2)

GRÊMIO: Gabriel Grando; Bruno Uvini (Ferreira, 44’/1°T), Bruno Alves e Kannemann; João Pedro, Villasanti, Carballo (Nathan, 30’/2ºT), Cristaldo (Gustavo Martins, 15’/2°T), Bitello (Zinho, 30’/2ºT) e Reinaldo; Luis Suárez . Técnico: Renato Gaúcho

FLAMENGO: Matheus Cunha, Wesley (Varela,18’/2ºT), Fabrício Bruno, Léo Pereira, Filipe Luís, Thiago Maia, Victor Hugo, Everton Ribeiro (Luiz Araújo, 44’/2ºT), Arrascaeta (Allan, 31’/2ºT), Bruno Henrique (Cebolinha, 31’/2ºT) e Gabigol (Pedro, 31’/2ºT). Técnico: Jorge Sampaoli

 

 

 

Outras postagens...

Em casa pela Copa Verde, técnico da Tuna Luso-PA alerta sobre o São Raimundo-AM: “É importante ter equilíbrio”

Paulo Rogério

Sobre a estreia como técnico do Clipper no estadual, Charles afirma: “Foi da pior forma possível”

Paulo Rogério

Pela Série C, Matheuzinho do Confiança-SE mostra otimismo diante do Manaus e diz: “Conseguir a primeira vitória, mesmo sendo fora de casa”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...