SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Nacional perde várias chances e empata com Manauara sem gols pelo Campeonato Amazonense

Foto: Agência Sports Manaus

Em uma partida bem movimentada, mas no segundo tempo com o Nacional tendo mais chances de ter conquistado uma vitória, mas no final empatando diante do Manauara EC sem gols, o resultado foi injusto, devido aos gols perdidos em campo, pelo Campeonato Amazonense da Série A. Pela segunda rodada, o confronto foi realizado na tarde desta quarta-feira (24), na Arena da Amazônia.

Classificação

Sem ainda vencer no estadual, o Nacional assume provisoriamente, a liderança do grupo A, com dois pontos. Já o Manauara, no grupo B, segue também invicto, mas ocupa a terceira posição, com quatro pontos.

Rodada

Rivais em finais do campeonato, pela terceira rodada, o Nacional encara o Princesa, no sábado, 27/1, às 15h30 (16h30 de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina. O Manauara terá um compromisso difícil contra o Manaus FC, no domingo, 28/1, às 15h30, na Colina. 

Jogo

Aos quatro minutos, o goleiro Robson, do Nacional, saiu mal para afastar a bola, e acabou entregando de graça para o atacante Maykinho, pela esquerda. O jogador bateu de canhota, mas sem muita força nas mãos do goleiro do Naça

O time do Robô se apresentava melhor em campo, buscando as jogadas pela esquerda. Aos oito minutos, Jonathan Moc cruzou na área e Sacramento sozinho subiu de cabeça por cima da meta do Naca.

Aos 10 minutos, o Leão da Vila Municipal teve uma grande chance de abrir o marcador. Tcharles recebeu uma bola no meio da zaga, mas chutou em cima do goleiro Jonathan, perdendo a chance de marcar.  

Após um tempo sem chegar na área do Robô, aos 36 minutos, o Naça assustou. Falta pela esquerda na área, o goleiro Jonathan rebateu um chute forte, na sobra o zagueiro Renilson bateu longe da meta.

Aos 46 minutos, pela esquerda, o Robô fez uma boa jogada com Maykinho, que tocou para Jorge. O jogador chutou cruzado, mas em cima do Robson com perigo.  

Segundo tempo

O Nacional em dois lances quase marcou seu sign. Aos nove minutos, pela esquerda, Raimundinho bateu forte, mas o goleiro Jonathan defendeu. Um minuto depois, tiro de canto pela direita na área e Vitinho cabeceou no primeiro pau, mas o goleiro defendeu para a linha de fundo.

O Leão da Vila Municipal voltou mais efetivo e buscando mais jogadas ofensivas com outra postura em campo. Aos 17 minutos, de longe Raimundinho bateu forte no canto direito, mas Jonathan defendeu, soltou e fez outra defesa.

Aos 22 minutos, o Naça avançou pela esquerda com Rogério, que tentou o drible, mas a bola sobrou para Cássio. O jogador chutou forte de canhota, mas o goleiro Jonathan fez uma boa defesa.

O Naca mostrou mais força no ataque, em busca do primeiro gol. Aos 28 minutos, pela esquerda, Rogério bateu de canhota forte, mas Jonathan mais uma vez no canto direito fez uma boa defesa.

Aos 39 minutos, mais uma boa chance do Naca de abrir o marcador. Igor Quadrado cobra tiro de canto pela direita na área, e Lucas Rex cabeceou, mas Jonathan defendeu mais uma vez e fechou a meta do Robô.  

Em mais um ataque do Leão, por pouco não saiu o gol. Aos 45 minutos, depois de um cruzamento pela direita, por duas vezes Igor Quadrado cabeceou e o goleiro Jonathan defendeu e na sobra o mesmo jogador tentou marcar, mas não conseguiu. 

Ficha técnica:

Data: 24/01/2024 – quarta-feira

Motivo: Campeonato Amazonense da Série A- 1 fase / 2rodada

Jogo:  Manauara EC 0x0 Nacional FC

Local: Arena da Amazônia- Manaus/AM

Horário: 15h30 (16h30 de Brasília)

Renda: R$ 4.200,00

Público pagante: 280 / Público presente: 549

Árbitro: Halbert Luís Moraes Baia

Árbitros Assistentes: Jeová Rodrigues dos Santos e Kennedy Ramos Lucas

Gols: —

Advertências: Tibúrcio (Manauara EC) e Peterson (Nacional FC)

Expulsão: —

Manauara EC:  Jonathan, Daelson, Guilherme Möller, Paulinho, Jhonathan Moc (Caio Ribeiro), Patrick, Maykinho (Joãozinho), Éder (Tibúrcio), Jorge, Sacramento (Neto Oliveira) e Michael (Xandy). Técnico:

Nacional FC: Robson, Igor Pupinski (Igor Quadrado), Ivanzinho, Cássio, Marcão (Lucas Rex), Peterson, Raimundinho (Denilson), Rogério, Vitinho (Esdras) e Tcharles (William Salvino). Técnico: Marcelo Vilar.

 

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Na estreia da Copinha, treinador do Fast aposta em bom resultado do time e afirma: “Não vai sentir o nervosismo”

Paulo Rogério

“Fazer uma grande Copa Verde”, afirma Marinho em sua segunda passagem no comando do São Raimundo

Paulo Rogério

Em jogo com Iranduba pelo BR Feminino, técnica da Assermurb-AC alerta: “Trabalhamos para vencer”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...