SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Na volta pela Copa do Brasil Sub-17, Fast Clube vence o Andirá-AC e aguarda o próximo adversário

Com dois de Liniker e um de Diogo, a garotada do Tricolor de Aço venceu bem seu adversário por 3 a 1.

Com mais um passo dado, o Fast Clube fez o dever de casa e venceu o Andirá-AC por 3 a 1, com dois gols de Liniker e um de Diogo, na partida de volta pela Copa do Brasil Sub-17. O confronto decisivo, foi realizado na tarde desta quarta-feira (3), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.

Com o resultado, o Tricolor de Aço consegue mais um resultado histórico, ficando entre as oito melhores equipes, na terceira fase da competição. Agora, a garotada do Tricolor vai aguardar a definição dos classificados para saber do próximo adversário, que deve ser definido em um sorteio pela CBF.

Jogo

Logo no começo do jogo o Fast perdeu uma grande chance de abrir o marcador. Aos 15 minutos, foi a vez do Morcegão ter a chance de marcar. Bola na área, o zagueiro falha e Fredson não alcançou a bola para chutar.

Aos 19 minutos, o Fast tentou uma jogada na área e o zagueiro toca com a não. O árbitro Halbert Luís marca pênalti. Aos 21 minutos, Liniker se apresentou para a cobrança e bateu no canto esquerdo do goleiro, sem chances de defesa, 1 a 0.

Em uma jogada rápida no ataque, a garotada do Tricolor de Aço ampliou. Aos 35 minutos, mais vez Liniker em jogada individual entra na área e toca no canto direito, 2 a 0.

Com o desespero do adversário para diminuir, o Fast explorava as jogadas de contra-ataque. Aos 47 minutos, após a cobrança de um arremesso lateral na área, a zaga tirou, mas Juan de cabeça testou em cima do goleiro do Morcegão.

Segundo tempo

Com dois de vantagem, a garotada do Rolo Compressor abriu uma boa vantagem, mas sem ainda comemorar o resultado. Aos sete minutos, o Fast avança com Liniker e chuta forte, mas em cima do goleiro do Morcegão.

Aos 23 minutos, o Rolo Compressor mais uma vez chegou com chances de marcar. Pela direita, com Ryllen, que toca para Liniker chutar de canhota, mas a bola ainda bateu no zagueiro e foi para linha de fundo.  

Apesar da desvantagem, o Andirá não desistiu de lutar pela vaga na próxima fase. Aos 29 minutos Fernandinho avança pela esquerda e foi derrubado na grande área. O árbitro marca pênalti. Aos 30 minutos,  Willian bateu no canto esquerdo sem chances para diminuir, 2 a 1.

Aos 54 minutos, já nos descontos, o Fast puxou um contra-ataque com Diogo, que bateu sem chances para sacramentar a vitória e a vaga na terceira fase da competição.

Ficha técnica:

Data: 03/05/2023 – quarta-feira

Jogo: Fast Clube 3×1 Andirá-AC

Motivo: Copa do Brasil Sub-17 – 2ª fase / Jogo de volta

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Horário: 15h (16h de Brasília)

Público pagante: —

Renda: —

Árbitro: Halbert Luís Moraes Baia (AM)

Árbitros Assistentes: Whendell Saraiva da Silva (AM) e Dimmi Yuri das Chagas Cardoso (AM)

Gols: Liniker 21min 1ºt e 35min 1ºt e Diogo 54min 2ºt (Fast Clube) e Willian 30min 2ºt (Andirá-AC)

Advertências: Titela, Vitinho, Liniker, Wanderson e Diogo (Fast Clube) e Galvão e Asaf (Andirá-AC)

Expulsão: Thiago (Andirá-AC)

Fast Clube: Victor, João Andrey, Murilo, Wanderson, Vitinho, Titela, Pipoca (Ryllen), Raylison (Makson), Liniker (Diogo), Fredson e Juan (Max). Técnica: Darlan Borges.

Andirá-AC: Carlos, Galvão, Rafael Passaia (Fernandinho), Thiago, Esquerda, Diogo (Asaf), Kawã (Davi), Aron, Souza, Willian e Lucas (Luiz Eduardo). Técnico: Léo Raches.

 

 

 

 

Outras postagens...

Com gols de Gonçalves e Spice, Nacional vence Amazonas e reassume à liderança do estadual

Paulo Rogério

Com Alencar de paredão, Fast Clube vence Rio Branco e retorna à liderança do grupo 1 da Série D

Paulo Rogério

Sobre jogo com Nacional pela Série D, técnico do Ji-Paraná-RO diz: “Nós entraremos sempre em busca da vitória”

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...