SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Mesmo com problemas para pegar o Manaus, técnico do Tocantinópolis-TO define seu jogo pela Copa Verde: “Vamos estar bem concentrados”

Ano passado, o Verdão do Norte foi goleado pelo Brasiliense-DF por 5 a 2, sendo eliminado na segunda fase.

Foto: Wisley Silva/TEC

Em busca de sua vaga na terceira fase da Copa do Brasil, tentando superar a campanha do ano passado, quando foi eliminado para o Brasiliense-DF, o Tocantinópolis-TO, tem em seu caminho outra equipe amazonense, mas agora fora de casa. Com a meta de superar o adversário e avançar na competição nacional o mais longe possível, o Verdão do Norte enfrenta o Manaus FC, nesta terça-feira, 5/3, às 20h (21h de Brasília), na Arena da Amazônia, na capital amazonense.

Com três competições paralelas, sendo o estadual e duas nacionais, o treinador Jairo Nascimento, disse que o time vem sendo penalizado pelos números de jogos, pois isso tem prejudicado a sequência de uma formação titular do time, o que influi no rendimento em campo.

– O estadual é nosso objetivo, mas a gente vem intercalando com essas competições nacionais. Temos que ter sabedoria nesse momento, pois a gente vem perdendo alguns atletas por lesões, justamente pela quantidade de partidas do mês de fevereiro e março. A gente sabe que sempre é assim toda temporada, devido ao calendário cheio. Por outro lado, sabemos também que o Manaus vem com um treinador novo, na qual eu conheço e já fomos parceiros de cursos na CBF – explicou ao SPORTS MANAUS, mas ainda reforçou.

– Suas equipes são sempre bem estruturadas e organizadas. A troca do treinador dá um gás a mais, mas sabemos das dificuldades que vamos encontrar. Temos que ser fortes nesse momento, porque é jogo único, para fazer uma partida equilibrada e lutar por essa vaga. São 90 minutos, mas sabemos que o empate será definido nos pênaltis. Vamos estar bem concentrados e buscando mais um avanço de fase, o que seria algo muito importante para a nossa pretensão – contou o técnico.

Apesar de decidir a vaga fora de casa, o comandante do Verdão do Norte considera que qualquer detalhe é decisivo para definir o resultado final, o que seria a passagem do time na Copa do Brasil.

LEIA MAIS: 

– Na Copa Verde, as fases iniciais são muito difíceis, devido ser só um jogo, ou seja, mata-mata. Não podemos errar, temos que minimizar bastante as situações de erro dentro de campo, e acima de tudo, aproveitar as oportunidades que forem criadas. A gente vem com algumas dificuldades clínicas, perdemos alguns jogadores por lesão ao longo da temporada, alguns estão retornando aos poucos, mas ainda estamos com o departamento médico considerado cheio – lamentou Jairo, mas ainda citou.

– Vamos levar para Manaus, o que a gente tiver de melhor clinicamente para poder suportar a partida. Já foram seis jogos em três semanas e vamos agora para o sétimo. Sabemos que a carga de jogos está sendo muito exaustiva para os nossos atletas, por isso, está acarretando essas lesões. São três competições ao mesmo tempo. Sabemos que os atletas não são máquinas, mas essa é a nossa maior dificuldade. Esperamos superar os jogadores que vão ter a oportunidade de jogar contra o Manaus – alertou Nascimento.

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Na estreia de Luizinho Vieira, Amazonas vence Volta Redonda e segue na luta pelo acesso à Série B de 2024

Paulo Rogério

Mesmo em casa pela Copa do Brasil sub-17, técnico do Cruzeiro afirma sobre o São Raimundo: “Todo cuidado é pouco”

Paulo Rogério

Nacional confirma favoritismo, vence Iranduba e garante vaga na semifinal do Amazonense

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...