SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Após 11 anos, Marquinhos Píter volta ao comando do Operário e diz: “A diretoria me deu carta branca para contratar”

No Sapão, o treinador iniciou sua carreira na profissão em 2011 e trabalhou ainda na temporada de 2012.

Foto: Reprodução 

Em sua terceira passagem no Operário EC, Marquinhos Píter, 50 anos, foi confirmado na noite desta terça-feira (31), como o novo treinador para o Campeonato Amazonense da Série A de 2024. Em reunião com a diretoria do Sapão, foram definidos os últimos detalhes de sua volta, no clube que o lançou como técnico, em 2011 e depois seguindo na temporada de 2012. O último clube foi o Grêmio Atlético Sampaio (GAS), quando foi vice-campeão Roraimense. Na estreia do estadual, o Operário estreia contra o Parintins FC, fora de casa. 

De acordo com o comandante do Operário, um dos itens fundamentais do seu retorno foi a liberdade dele montar o elenco para o estadual. Segundo ele, isso é importante para qualquer treinador no início de qualquer trabalho.

– A diretoria me deu carta branca para contratar alguns jogadores. Essa foi a primeira conversa que nós tivemos. Fiquei muito feliz da honestidade deles e da carta branca que me passaram. A gente vai sentar de novo, vamos conversar, vamos fazer o nosso planejamento para ver as posições que precisamos – explicou ao SPORTS MANAUS, mas ainda destacou sobre o futuro elenco.

– Quero ver os oito jogadores que vão passar para mim (diretoria), com cautela, com inteligência para fazer as contratações certas, porque quando chegar dentro da competição a gente tentar surpreender os adversários. Não vai ser fácil o campeonato, pelo contrário, será um dos mais difíceis – disse preocupado o treinador.

LEIA MAIS:

Afastado por algum tempo do futebol amazonense, mas sempre se qualificando e estudando, Marquinhos, disse que não terá muitos problemas para indicar os jogadores, pois vai usar de toda sua experiência, como ex-jogador e técnico do futebol regional ao longo de 20 anos.

– Vamos ver com cuidado, com carinho os atletas que vamos trazer. Eu não vou trazer jogadores para somar, mas sim para jogar. Isso vai depender da situação do clube, que eles vão me passar, mas de imediato eles chegaram comigo e disseram que eu tenho carta branca para formar o time e para contratar. Eu gostei da inteligência deles, ou seja, estão contratando a comissão técnica para depois formar o time. São garotos jovens, pessoas novas que tem uma inteligência fantástica – disse o comandante do Sapão, que deve começar a pré-temporada no dia 15 ou 20 de dezembro.  

 

 

 

 

Outras postagens...

Em sorteio, Fast pega IAPE-MA pela Copa do Brasil Sub-20 e técnico mostra preocupação sobre o jogo

Paulo Rogério

Com casa cheia, Princesa empata com Operário e joga pelo empate no jogo de volta pelas quartas do Amazonense

Paulo Rogério

Técnico da Esmac-PA diz que vitória diante do Iranduba pode selar a vaga no Brasileiro Feminino

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...