SportsManaus
FUTEBOLFUTEBOL AMAZONENSE

Pelo BR feminino Sub-20, técnico do Minas Brasília-DF diz que longo tempo sem jogar foi bom, mas também para o JC-AM

Pela segunda rodada, a equipe foi goleada pelo Flamengo em casa por 4 a 0.

Foto: Divulgação / Minas Brasília

Após dois jogos, com uma vitória e uma derrota, o Minas Brasília volta a campo, após um mês de intervalo para a sequência do Campeonato Brasileiro feminino Sub-20, mas por um lado proveitoso, devido a uma preparação melhor para os jogos da competição. Pela terceira rodada, o Minas enfrenta o JC-AM fora de casa, nesta sexta-feira, 15/3, às 16h (de Brasília), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da capital amazonense.

No Minas, desde a temporada passada, quando iniciou como preparador físico, mas agora promovido na função de treinador, Alexander Alves, 26 anos, assume pela primeira vez o comando da equipe, mas tem ciência que terá pela frente um adversário muito difícil, jogando em seus domínios.

– Com certeza, a gente está esperando um desafio muito grande em Manaus, pois jogar fora de casa tem suas dificuldades, assim como a gente teve esse um mês de preparação, nesse tempo de pausa, que encaixamos algumas coisas, pode melhorar alguns aspectos, como condicionamento físico, mas o JC também teve o mesmo período de treinamento – analisou ao SPORTS MANAUS, mas ainda citou.

Treinador diz que espera um grande adversário (Foto: Divulgação / Minas Brasília)

– Com certeza, estamos esperando um grande adversário. A gente acompanhou o jogo contra o Cefama e o Botafogo. A gente viu um pouco do JC, o que elas apresentaram, mas acredito que é um adversário que virá com outra postura e tem tudo para ser um grande jogo – alertou, o jovem técnico.

Com um intervalo grande da segunda para a terceira rodada, Alexander Alves, considerou bom esse período, pois assumiu a equipe com pouco tempo de trabalho e não teve o devido planejamento em campo para ajustar o time, o que agora conseguiu colocar em prática o que queria.

LEIA MAIS:

– Acredito que essa parada foi fundamental para a gente ajustar, e principalmente ganhar o ritmo que a gente estava precisando de treinos, de intensidade, de preparo físico para conseguirmos sustentar o restante da temporada. Com essa pausa foi fundamental para atingir bons níveis físicos, técnicos, além de dar entrosamento ainda mais para a equipe – citou, mas ainda acrescentou.  

– Mesmo que ainda falte um pouco de ritmo de jogo, mas o treino é fundamental para conseguir desempenhar do mais alto nível dentro das partidas. Essa parada de um mês foi crucial, porque agora vamos ter três rodadas decisivas contra o JC, o Fluminense em casa e o Fortaleza fora. Nossa esperança é fazer grandes jogos – concluiu o comandante do Minas. 

 

 

 

 

 

Outras postagens...

Com duas expulsões, Flamengo e Fluminense não saem do empate em jogo pelo Brasileirão

Paulo Rogério

Sobre jogo com o Fast, técnico do Novorizontino-SP diz: “Temos uma postura de jogar dentro e fora de casa”

Paulo Rogério

No segundo jogo em casa, Manaus empata com Santa Cruz, pela Série C

Paulo Rogério

Leave a Comment

Este site usa cookies. Isto é necessário para que sua navegação seja mais eficiente. Não coletamos nenhum dado pessoal do seu navegador. Entendi! Leia mais...